Weinstein Company irá declarar falência após escândalos sexuais

O estúdio cinematográfico Weinstein Company irá declarar falência após o colapso dos diálogos sobre a venda do estúdio para um grupo de investidores. A situação é resultado dos escândalos sexuais descobertos no ano passado, que envolvem Harvey Weinstein, co-fundador da empresa.

A declaração dada pela companhia informa: “Ao mesmo tempo que reconhecemos que essa é uma situação extremamente infeliz para nossos empregadores, credores e vítimas, o conselho não tem nenhuma escolha. Durante os próximos dias, a companhia irá preparar os documentos da falência com o objetivo de maximar o valor restante da empresa.”

De acordo com o The New York Times, a Weinstein Company estava para concluir uma negociação de U$500 milhões com um grupo de investidores liderado por Maria Contreras-Sweet, uma funcionária do governo do ex-presidente Barack Obama. As negociações foram interrompidas após o Estado de Nova Iorque processar a Weinstein, no dia 11 de fevereiro, por não proteger suas funcionárias de assédio e agressão sexual.

Harvey Weinstein foi acusado por diversas atrizes e mulheres que trabalham no ramo cinematográfico por assédio sexual e estupro. Após o escândalo, que aconteceu no final do ano passado, diversas campanhas surgiram em apoio às vítimas.

assedio-1

Infográfico: Bolsa de Mulher.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close