60 anos do Cineteatro São Luiz: resgate e construção de memórias afetivas

Nascido em 26 de março de 1958, no local onde funcionava o saudoso Cine-Theatro Polytheama, Praça do Ferreira, o Cineteatro São Luiz celebra 60 anos de trajetória configurando-se atemporalmente como um dos mais notáveis redutos culturais da cidade de Fortaleza por habitar o imaginário e experiências de diversas gerações.

Interessado na difusão artística em múltiplas vertentes, seja no que diz respeito ao clássico ou contemporâneo, o espaço, mantido pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult), incentiva o acesso da população à produção local e nacional. Considerando este intuito perene, proporcionará em alusão ao seu aniversário, uma série de exibições cinematográficas, espetáculos musicais e teatrais.   

As atividades serão iniciadas nesta sexta-feira (2), a partir das 19h, quando sobe ao palco o ator, diretor e dramaturgo Ricardo Guilherme para a aula-espetáculo “Luiz, câmera, ação!”. “Esse momento reverencia a história do São Luiz, é um mergulho, uma imersão, e além de tudo, homenageia o artista cearense. Será um encontro ímpar, muito bonito mesmo”, declara a coordenadora do Cineteatro, Rachel Gadelha.  

Aos sábados, sempre às 12h30, a plateia poderá acompanhar no hall do Cine São Luiz grupos instrumentais vindos do interior do Ceará, são eles: Orquestra de Sopros Maestro J. Ratinho (Canindé), Banda de Música Municipal Maestro Chico Clarinete (Tauá), Banda de Música Municipal de Chorozinho e Banda de Música Maestro Orlando Leite (Russas).

A partir de domingo (dia 4), filmes que marcaram décadas serão reexibidos gratuitamente mediante retirada de ingressos na bilheteria com até uma hora de antecedência. Destaque para a versão em 3D de “Mágico de Oz” já no primeiro dia, “E.T o extraterreste” (dia 10),  “Apocalypse now” (dia 16) , “A noviça rebelde” (dia 18) e “Casablanca” (dia 23).

foto-divulgação.jpg
Público poderá acompanhar diversas atrações culturais em alusão aos 60 anos (Foto: Cine São Luiz/Divulgação).

Segundo o programador e curador do cinema, Duarte Dias, “antecedendo todas as sessões serão mostrados videoclipes de bandas locais ao invés da música ambiente, a iniciativa faz parte do projeto ‘Sons do Ceará’, que objetiva ampliar a participação de artistas e sua afirmação profissional, visto que também já foram espectadores um dia”, afirma.

A data do aniversário, 26, contará com o piano de Felipe Adjafre, filme “Lumière! A aventura começa” e encerra com a Orquestra Sinfônica da UECE. “Montamos uma programação singela, mas ao mesmo tempo muito profunda e sensível, uma verdadeira delcaração de amor ao cinema. Convidamos todos a celebrar tudo o que já foi feito e  construir o que está por vir”, enfatiza Rachel Dias.

Sobre o futuro do São Luiz, a diretoria revela a construção de um café que contribuirá  na revitalização iniciada desde 2014 com a reinauguração do local, bem como para fortalecer o centro da cidade no sentido de espaço urbano ocupado e identitário de um povo. “Temos a alegria de anunciar que em abril vamos inaugurar um café na esquina do prédio, a ideia é que ele atenda ao centro e acompanhe o público, então, é mais um presente desses 60 anos”, comemora a coordenadora.

Confira a programação completa

Serviço

60 anos do Cineteatro São Luiz

Data: 2 a 31 de março de 2018

Local:  Rua Major Facundo, 500 (Centro)

Mais informações: (85) 3252.4138

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close