Festivais Música

Lolla Brasil 2019: o rap de Kendrick Lamar celebra a voz de uma geração

Pela primeira vez no Brasil, o rapper é uma das atrações mais esperadas do festival

Kendrick Lamar Duckworth, ou somente Kendrick Lamar, caminhará pela primeira vez em solo brasileiro. O rapper se apresenta no último dia (7 de abril) do festival Lollapalooza Brasil com uma das atrações mais aguardadas.

Aos 32 anos, o  rapper é uma das pessoas mais influentes do cenário musical das últimas décadas, carregando o respeito que o tornou uma das maiores vozes dessa geração.

Trajetória

Lamar nasceu em  Compton, Califórnia, e desde os anos 2000,  já estava iniciando sua trilha no hip hop. Aos 16 anos, era como K-Dot que Kendrick assinava todos os seus sons.

Por volta de 2009, ele fez parte do grupo Black Hippy, composto por Ab-soul, Jay Rock e Schoolboy. Esse foi o ponto de partida para que todos eles ganhassem o mundo e saíssem da cortina do anonimato.

Em 2010, foi lançada a mixtape Overly Dedicated, primeiro trabalho assinado como Kendrick Lamar e produzido de maneira interina por ele. Ela é responsável por colocar o nome do rapper no mapa e gerar a visibilidade que Section.80, seu primeiro álbum lançado em 2011, necessitava para emplacar em todos os lugares.

O ano de 2012 nos trouxe Good Kid, M.A.A.D City, o segundo álbum mudou completamente o jogo para Lamar. “Swimming Pools (Drank)” e “Bitch, don’t kill my vibe” foram os grandes hits do disco, rendendo sete indicações ao Grammy.

Em 2015, Kendrick conquistou o Grammy de Melhor Álbum de Rap com To Pimp a Butterfly, seu terceiro álbum e  1º lugar em vários países. Para completar a saga, lançou um compilado chamado Untiltle Unmastered, que ficou em primeiro lugar nos EUA e Canadá.

Resultado de imagem para To Pimp a Butterfly
To Pimp a Butterfly levou o Grammy em 2015 na categoria Melhor Álbum de Rap | Foto: Divulgação

Já 2017 chegou com DAMN., o álbum somente confirmou o que todos o que era esperado: o nome Kendrick Lamar era merecedor do respeito e admiração. Seu quarto disco de estúdio rendeu a ele o segundo Grammy e foi consagrado como um dos mais aclamados do ano.

Prêmio Pulitzer de música

DAMN., literalmente, fez história. No mesmo ano,  Kendrick recebeu o Pulitzer de Música, um prêmio que só havia sido concedido à música clássica ou ao jazz desde que a categoria “musical” foi  criada, em 1943. Assim, Lamar tornou-se o primeiro artista popular a ganhar.

O Pulitzer é uma premiação criada em 1917, sendo concedida a autores por seus trabalhos de excelência nas áreas de literatura, jornalismo e composições musicais.

O álbum de Lamar foi definido pela premiação como “uma coleção virtuosística de canções unificadas por sua autenticidade vernaculizar e dinamismo rítmico que captam a complexidade da vida afro-americana moderna”.

Resultado de imagem para kendrick lamar pulitzer
Lamar recebe o Pulitzer de Música pelo álbum DAMN., | Foto: Eileen Barroso/Columbia University

Lolla Brasil 2019

Como já foi falado, Kendrick Lamar se apresentará pela primeira vez no Brasil. Seu show acontecerá no encerramento do festival, domingo, no palco Budweiser.

Antes de Kendrick, o rapper brasileiro BK se apresenta no mesmo palco, algo notável, visto que poucos artistas brasileiros têm a oportunidade de dividir palco com um dos maiores nomes da música.

SERVIÇO

Lollapalooza Brasil 2019
5, 6 e 7 de abril
Autódromo de Interlagos, São Paulo
Ingressos: https://www.lollapaloozabr.com/

Foto destaque: Reprodução| Edição de conteúdo: Andreza Reis

 

 

 

0 comentário em “Lolla Brasil 2019: o rap de Kendrick Lamar celebra a voz de uma geração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: